NOTÍCIAS
24/08/2017
Rezoneamento Eleitoral é tema de audiência pública na Câmara dos Deputados.

A presidente da CONAMP, Norma Cavalcanti, participou nesta quarta-feira (23) de audiência pública para discutir as normativas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre o rezoneamento eleitoral. O debate ocorreu na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados. 

Integrantes da diretoria e do conselho deliberativo da CONAMP estiveram presentes, bem como o presidente do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais (CNPG), Sandro Neis, procuradores-gerais de Justiça e servidores do Judiciário.

“Desde o início a CONAMP tem trabalhado para divulgar e alertar o povo brasileiro. O rezoneamento dificulta a fiscalização do processo eleitoral e facilita a corrupção”, declarou a presidente da CONAMP. Norma ainda ressaltou que a medida é um desprestígio aos prefeitos, vereadores e deputados.

Em sua apresentação, Norma lembrou que a CONAMP questiona o rezoneamento no Supremo Tribunal Federal por meio de Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF 471) e publicou o manifesto: 10 verdades sobre o rezoneamento eleitoral.

Para a entidade, além de nítido retrocesso, as decisões do TSE são ilegais. A redução das zonas eleitorais em todo o país trará graves prejuízos, principalmente ao eleitor que reside em locais mais afastados e de terá de percorrer maiores distâncias para conseguir atendimento da Justiça Eleitoral, inclusive para exercer sua obrigação de votar.

Sobre o tema, a presidente da CONAMP irá participar também de audiência pública no dia 24 de agosto, na Comissão de Legislação Participatiba.

 

Conamp
« Voltar
 
 
Desenvolvido pela:
Sua marca de sucesso na Internet.
Associação do Ministério Público do Amapá - AMPAP
Av. Padre Júlio Mª Lombaerd, 1570 - 68900-030
Macapá/AP - Fone/Fax: (96) 3223-7075 / Sede Campestre: (96) 3241-1200
Sistema Antistress